15ª Conferência Internacional Anticorrupção encerra com uma chamada urgente para o fim da impunidade

Issued by Transparency International Secretariat



A necessidade de combater a impunidade foi destacada na sessão de encerramento da 15ª Coferência Internacional Anticorrupção, que promoveu a cultura da transparência levando a participação da sociedade.

A 15ª Conferência Internacional Anticorrupção (IACC) reuniu mais de 1900 representantes do setor público, privado e de organizações sem fins lucrativos de 140 países.

Com o tema “Mobilizando as pessoas: Conectando agentes de mudança“, a conferência explorou cinco desafios principais: extinguindo a impunidade; governância limpa; prevenindo fluxos financeiros ilícitos; transições políticas levando a governos estáveis e transparentes; e esportes limpos.

Mais de 50 sessões abordaram  novas formas de conectar cidadãos para manter os líderes de ambos os setores público e privado alertas, com ênfase especial para o uso de novas tecnologias , mídia social bem como o apoio às novas gerações.

“Os últimos quatro dias de debates intensos espalharam entusiasmo pelo combate à corrupção e renovou nossa determinação para acabar com a impunidade que ajuda e estimula a corrupção em todos os setores do governo e negócios“, disse Barry O’Keefe, presidente do Conselho da IACC.

“A IACC tem sempre sido uma conferência mundial muito inovadora e nós temos muito orgulho em ter recebido tal evento no Brasil. Aprendemos muito nesses quatro dias de trabalho (1.900 especialistas de 140 países) as melhores práticas e discutimos idéias e soluções viáveis para combater e prevenir a corrupção, disse o Ministro Jorge Hage, da Controladoria-Geral da União (CGU).

A presidente Dilma Rousseff abriu a Conferência. O ministro Jorge Hage Sobrinho, da CGU, o ministro de Relações Exteriores Antonio Patriota, a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira e o ministro da Justiça José Eduardo Martins Cardozo também trataram alguns assuntos na Conferência. Outros palestrantes de peso foram os ganhadores do prêmio Nobel Tawakkol Karman, Richard Goldstone, Baltasar Garzón e Misha Glenny, autor do livro sobre crime organizado McMafia.

Por iniciativa da sessão Mudando o Jogo da IACC, a conferência convidou 23 jovens jornalistas da Tunísia ao Nepal para cobrir a 15ª IACC como parte da iniciativa Jovens Jornalistas. Tivemos também 25 programadores para coordenarem uma hacktona de quatro dias e desenvolver novas ferramentas para ajudar os ativistas a combater a corrupção. Além disso, a iniciativa ganhou o valor de € 5.000,00 para fazer projetos inovadores anticorrupção tornarem-se realidade.

A IACC, que ocorreu primeiramente em 1983, evoluiu para um fórum global sobre governança e combate à corrupção. A conferência cria o sentimento de cooperação e o desenvolvimento de novas ferramentas para enfrentar a corrupção no governo, nos negócios e na sociedade. A 15ª IACC foi organizada pelo Conselho da IACC em conjunto com a Transparência Internacional, Amarribo, Instituto Ethos, e foi generosamente sediada pelo Governo Brasileiro e o escritório da CGU no Brasil.

O Conselho da IACC expressou apreciação sincera ao Senegal e aos seus esforços para combater a corrupção e também o interesse do país em sediar a IACC no futuro.

A 16ª edição acontecerá na Tunísia em 2014. O vice-primeiro-ministro Ladgham da Tunísia esteve presente na Conferência.

###

A Transparency International é a organização civil da sociedade que leva o combate a corrupção.


For any press enquiries please contact

Natalie Baharav
Email: .(JavaScript must be enabled to view this email address)

Berlin
Tel: +49 30 3438 20 666

Brasilia
Tel: +55 61 8137 1844

Latest

Support Transparency International

Apply Now for Transparency International School on Integrity!

Apply today for the Transparency School 2018 and spend an insightful week with anti-corruption enthusiasts from all over the world!

Blog: Making Summits Meaningful: A How to Guide for Heads of Government

Heads of Government spend a lot of time in glitzy international summits. World leaders shouldn't fly around the world just for a photo op or to announce new commitments they have no intention of keeping. Here's is a how-to guide for Heads of Government to make summits meaningful.

While the G20 drags its feet, the corrupt continue to benefit from anonymous company ownership

The corrupt don’t like paper trails, they like secrecy. What better way to hide corrupt activity than with a secret company or trust as a front? You can anonymously open bank accounts, make transfers and launder dirty money. If the company is not registered in your name, it can't always be traced back to you.

Urging leaders to act against corruption in the Americas

The hot topic at the 2018 Summit of the Americas is how governments can combat corruption at the highest levels across North and South America.

The impact of land corruption on women: insights from Africa

As part of International Women’s Day, Transparency International is launching the Women, Land and Corruption resource book. This is a collection of unique articles and research findings that describe and analyse the prevalence of land corruption in Africa – and its disproportionate effect on women – presented together with innovative responses from organisations across the continent.

Passport dealers of Europe: navigating the Golden Visa market

Coast or mountains? Real estate or business investment? Want your money back in five years? If you're rich, there are an array of options for European ‘Golden Visas’ at your fingertips, each granting EU residence or citizenship rights.

How the G20 can make state-owned enterprises champions of integrity

For the first time in its presidency of the G20, Argentina is hosting country representatives from across the globe to address the best ways of curtailing corruption and promoting integrity in state-owned enterprises (SOEs).

Europe and Central Asia: More civil engagement needed (Part II)

As follow-up to the regional analysis of Eastern Europe and Central Asia, additional examples from Albania, Kosovo and Georgia highlight the need for more progress in anti-corruption efforts in these countries and across the region.

Lutte contre la corruption en Afrique: Du bon et du moins bon

La publication de la dernière édition de l’Indice de perception de la corruption (IPC) offre un bon point de repère pour situer les efforts de lutte contre la corruption que l’Union africaine (UA) poursuivra tout au long de 2018

Social Media

Follow us on Social Media

Would you like to know more?

Sign up to stay informed about corruption news and our work around the world